sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

FELIZ LATAL


2 comentários:

  1. Hummm ... este poema está mais para o período da Páscoa. Em geral, essas datas são relembradas de forma bem diferente e distantes, quase como se uma fosse independente da outra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas as duas viraram Mercado e nisso são semelhantes, Mano

      Passam dezembros, janeiros
      Passam e cadê o amor?
      Jesus, revendido por
      Menos de trinta dinheiros

      Excluir